Jornal Médico 35 - abril 2016

A Unidade de Saúde Familiar (USF) Ars Médica, em Santo António dos Cavaleiros (Loures) abriu as portas em setembro de 2009, passou a modelo B em julho de 2012 e recebeu a acreditação em Qualidade em janeiro de 2016. Em entrevista à Just News, Maria José Silva, coordenadora da unidade, explica que a acreditação ajudou a promover uma reflexão sobre determinados documentos e à criação de normas de orientação clínica e organizacional. 



A acreditação em Qualidade era algo que consideravam muito importante para que pudessem progredir e pela qual se esforçaram. “A nossa equipa é extremamente trabalhadora, prima pela qualidade. Para nós, não fazia sentido não passar por esta etapa”, sublinha.

“Com o objetivo da acreditação, acabámos por nos virar um pouco mais para a comunidade e pensar mais nos utentes. Já o fazíamos, mas, com este processo, refletimos um pouco mais sobre alguns dos problemas que enfrentam e pensámos na elaboração de estratégias e de documentos que vão ao encontro das suas necessidades”, nota Maria José Silva.



Além da reportagem sobre a USF Ars Médica e a Unidade Coordenadora Funcional da Diabetes do ACES Lezíria/Hospital de Santarém, esta edição publica, como é habitual, diversas notícias e entrevistas, nomeadamente, a responsáveis de eventos de interesse no âmbito dos Cuidados de Saúde Primários, como é o caso do 8.º Encontro Nacional das USF (que se realiza este mês).

Destaque igualmente para o Dossier Cardiologia, que tem a participação de uma dúzia de especialistas, e do Suplemento dedicado ao Encontro Nacional da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar, onde são muitos os profissionais que partilham as suas perspetivas sobre os pontos mais relevantes abordados no evento e a sua importância para o futuro.

Imprimir



Siga-nos no Instagram