LIVE Medicina Física e de Reabilitação 2 - janeiro 2016

Jorge Laíns tem um longo percurso na Medicina Física e de Reabilitação (MFR). Com nome reconhecido a nível nacional e internacional, acredita que é preciso mostrar que os projetos "valem a pena, caso contrário, não os podemos exigir". Diretor de serviço do Centro de Medicina de Reabilitação da Região Centro – Rovisco Pais (CMRRC-RP), é presidente eleito da International Society of Physical Rehabilitation Medicine (ISPRM) e vai presidir ao Congresso Europeu de MFR 2016, que se realiza em Lisboa, no final de abril.

SUMÁRIO:

Entrevista
06 Jorge Laíns
“Para se conseguir alguma coisa, temos de mostrar que vale a pena, caso contrário, não a podemos exigir”

Reportagem
26 Serviço de MFR do CH Tondela-Viseu
Apostar em cuidados diferenciados e na formação dos internos

Discurso Direto

12 Rita Tomás
Curso de ecografia musculoesquelética do membro inferior

14 J. Paulo Vilas-Boas
Parametrização do movimento humano: meio auxiliar de diagnóstico e de monitorização terapêutica

16 António Salgado
I Simpósio Ibérico sobre Lesões Medulares (conclusões)

20 Filomena Melo
Ligação entre MFR e Pediatria: a importância da equipa multidisciplinar

24 Sandra Miguel
Classes de reabilitação geriátrica

37 André Maia Silva
Reunião de internos europeus no 20.º Congresso da ESPRM

Notícias

43 Formação em Medicina da Dor fragmentada
Alerta Catarina Aguiar Branco

32 Curso de Reabilitação e Traumatologia do Desporto
25.ª aniversário

II Jornadas “O ombro”

17 Patologias do ombro
Sinergia entre medicina, fisioterapia e técnicos de exercício físico

18 Gonçalo Borges
Patologia da coifa dos rotadores

19 Capsulite adesiva: mais formação e especialistas para evitar diagnóstico tardio
Segundo Carlos Amaral

Curso Introdutório à Termografia Médica

32 Um bom aporte ao diagnóstico e à prevenção de certas patologias
Lembra Catarina Aguiar Branco

34 Miguel Pais Clemente
A importância da “Multidisciplin’arte” na dor orofacial

36 Ricardo Vardasca
Imagem térmica em aplicações biomédicas

XII Jornadas Internacionais de MFR

38 Sessão de abertura
Vertente científica “é muito importante”

39 “MFR tem papel determinante nas situações de Life Saving”
Afirma Fernando Parada

40 Francisco Sampaio
Vitamina D – Uma nova (velha) realidade

41 António Paulo Encarnação
Acupuntura

42 Paulo Palma
Reabilitação pós-cirúrgica ortopédica

I Jornadas do CMRRC-RP

44 Sessão de abertura
Promover uma maior uniformização de metodologias nos CR nacionais

46 Paulo Filipe Margalho
Vantagens de internamento em centro de reabilitação: Que doentes internar?

47 Anabela Pereira
A importância de classificar a funcionalidade em reabilitação

48 Inês Campos / Paulo Margalho / Jorge Laíns
International survey on spinal cord injury

49 Paula Amorim
Centro de Medicina de Reabilitação da Região Centro – Rovisco Pais

50 Francisco Sampaio
A reforma da rede de MFR


Imprimir