Jornadas de Endocrinologia e Diabetes aproximam profissionais do Hospital Garcia de Orta e dos CSP

Há 20 anos que o Serviço de Endocrinologia do HGO realiza as Jornadas, de dois em dois anos, como forma de manter uma ligação de proximidade entre o hospital e os CSP. Jorge Portugal, diretor daquele Serviço e responsável pelas 10as Jornadas de Endocrinologia e Diabetes do HGO , fala sobre a iniciativa, mas também sobre o trabalho que desenvolve naquela unidade hospitalar há 23 anos.

O evento, que vai ter lugar entre 15 e 17 de outubro, num hotel da Costa da Caparica, teve a sua primeira edição precisamente há 20 anos, em 1995, sendo “um momento importante, porque demonstra que nunca deixámos de investir na formação dos profissionais de saúde de MGF”.

Jorge Portugal considera que estas ações de formação são uma das razões para o sucesso atual do trabalho realizado no hospital: “Nos primeiros anos do Serviço, havia muitas primeiras consultas e o facto de se ter apostado na formação dos colegas de MGF permitiu que, hoje em dia, estes tenham os conhecimentos necessários para referenciar apenas os doentes que necessitam do nosso acompanhamento.”

Esta aproximação aos cuidados de saúde primários é tão natural como obrigatória. “A ponte entre o hospital e os centros de saúde é inevitável, porque só assim se consegue prestar cuidados de saúde de qualidade”, afirma o nosso interlocutor.




23 anos à frente do Serviço de Endocrinologia

O Serviço de Endocrinologia do HGO surgiu em 1992. “Foi um grandedesafio, porque éramos apenas duas pessoas – eu e a Dr.ª Luísa Raimundo –, mas fomos dando vários passos ao longo dos anos”, explica Jorge Portugal.

“Atualmente, damos especial enfoque à diabetes (no adulto e pediátrica), ao tratamento do hipertiroidismo recorrendo à terapêutica com iodo131 efetuada no Hospital, às bombas infusoras de insulina, à citologia ecoguiada e ao acompanhamento de grávidas com patologia endócrina (sobretudo diabetes gestacional).”

Jorge Portugal salienta que o Serviço “é de grande qualidade, com excelentes profissionais que trabalham em equipa”, acrescentando que “os internos têm um papel fundamental na equipa, contribuindo com uma nova dinâmica, com novas ideias, que nos exigem estar sempre atentos para dar resposta às suas dúvidas”.

Estando à sua frente há tantos anos, o responsável acredita que o “segredo” para não sentir desmotivação está, sobretudo, na equipa. “Não trabalhamos de forma individualista e, além disso, tento olhar para os problemas de forma positiva e calma, valorizando o que temos de bom”, garante.

Ao longo destes anos, o que mais o marcou foi a relação de proximidade que existe, desde o início, com os colegas de MGF, deslocando-se os elementos do Serviço aos respetivos centros de saúde da área abrangente, para discussão dos casos clínicos.



20 anos de Jornadas aproximam Hospital dos CSP

Relativamente às Jornadas, Jorge Portugal faz um balanço muito positivo dos vinte anos desta iniciativa. “O mais importante é que, na prática clínica do dia-a-dia, este evento tem trazido resultados muito concretos, com uma maior aproximação entre profissionais do HGO e dos CSP.”

Os trabalhos começam no dia 15 de outubro, com o curso satélite “Diabetes tipo 2 – aspetos práticos”, que se destina a internos de MGF e de Medicina Interna. Os temas abordados serão a insulinoterapia na diabetes tipo 2, a autovigilância, a alimentação e o pé diabético. A diabetes vai ser um dos temas a destacar ao longo dos três dias de evento, já que se trata de “uma grave epidemia”.

Nesse sentido, vai decorrer, no dia 17 de outubro, uma mesa-redonda sobre “Diabetes tipo 2 – relação cuidados primários/hospital – casos clínicos” e outra, no mesmo dia, sobre “Novas orientações na diabetes tipo 2”.

Quanto às doenças endócrinas, no dia 16 de outubro vão decorrer mesas-redondas sobre “Endocrinologia e gravidez”, “Síndrome do ovário poliquístico e contraceção”, “Patologia tiroideia”, “Endocrinologia pediátrica” e “Patologia hipofisária – incidentaloma da hipófise”.


O programa pode ser consultado aqui.




Artigo publicado no Jornal Médico de setembro, editado pela Just News.

Imprimir