AESOP alerta para os acidentes com objectos corto-perfurantes no Bloco Operatório

No âmbito do Dia Europeu do Enfermeiro Perioperatório, que se assinala dia 15 de fevereiro, A Associação dos Enfermeiros de Sala de Operações Portugueses (AESOP) alerta para os acidentes com objetos corto-perfurantes. Na Europa estima-se que 1 milhão de profissionais de saúde sofre anualmente um acidente inadvertido com estes objetos.

"O nosso objetivo é alertar para a segurança dentro do Bloco Operatório. Os enfermeiros perioperatórios, ao lidarem com objectos corto-perfurantes, estão expostos a um maior risco de transmissão de doenças pela projeção de fluídos contaminados, picada ou contato com pele não-integra, com cerca de 27% dos incidentes com corto-perfurantes a ocorrerem no Bloco Operatório", explica Mercedes Bilbao, presidente da AESOP.

Afirma esta responsável que, "na Europa, pelo menos 1 milhão de profissionais de saúde sofre anualmente um acidente inadvertido com corto-perfurantes. A evidência mostra que a maioria destes incidentes podem ser evitados com uma combinação de medidas reguladas na CE pela Diretiva 2012/32/EU e, em Portugal, pelo Decreto-Lei 121/2013 de 4 de agosto. Esta regulamentação estabelece políticas de avaliação de risco, formação e treino, práticas seguras no ambiente de trabalho e tecnologia de segurança incorporada nos dispositivos médicos".

 “Continua a ser urgente consciencializar os profissionais do Bloco Operatório, que o seu melhor aliado na prevenção acidentes, é o seu comportamento diário, através de um melhoria sistemática da prática na manipulação de dispositivos corto-perfurantes. Os enfermeiros perioperatórios devem usar para si próprios, a mesma cultura de segurança que usam para o doente cirúrgico”, finaliza Mercedes Bilbao.

Este ano a EORNA (European Operating Room Nurses Association) lançou o tema "Sharps Safety Begins with you".

As crianças e o Enfermeiro de Bloco Operatório

A AESOP considera que a mudança da cultura de segurança começa na infância e é nesse sentido que promove um concurso de desenho infantil subordinado ao tema “A representação que as crianças têm do Enfermeiro de Bloco Operatório”.

A Associação explica que as escolas aderentes "receberam a visita de Enfermeiros Perioperatórios, em ações informativas sobre a profissão e que, posteriormente, as crianças fizeram desenhos representando a visão do Bloco Operatório e do papel do Enfermeiro Perioperatório". Os trabalhos finalistas serão expostos em locais públicos no dia 15 de fevereiro, Dia Europeu do Enfermeiro Perioperatório.

Imprimir