APIEM envia para a Ucrânia cerca de duas toneladas de medicamentos

As empresas associadas da Associação Portuguesa de Importadores e Exportadores de Medicamentos (APIEM) doaram à Ucrânia cerca de duas toneladas de medicamentos e outros materiais médicos essenciais.



De acordo com a Associação, a lista de produtos doados inclui antibióticos, anti-inflamatórios, analgésicos, entre outros medicamentos e materiais consumíveis hospitalares.

Esta iniciativa está a ser coordenada a nível europeu pela Affordable Medicines Europe, associação que representa o sector da distribuição paralela de medicamentos na UE e à qual a APIEM pertence.

A ação visa contribuir para "mitigar a carência de medicamentos que se vive atualmente na Ucrânia devido à guerra, surgindo na sequência de um pedido do Ministério da Saúde daquele país".

É ainda adiantado pela APIEM que os donativos dos diversos países, incluindo Portugal, foram enviados para Praga, de onde seguiram para a fronteira polaco-ucraniana, para serem entregues às autoridades da Ucrânia.




Imprimir