Baxter renova a Certificação de Empresa Familiarmente Responsável (EFR)

A Baxter acaba de renovar a Certificação de Empresa Familiarmente Responsável (EFR), uma distinção atribuída a junho de 2012 pela Fundación Másfamilia, e que reconhece a Empresa de Tecnologia Médica pelo seu sistema de gestão integrado que garante a igualdade entre os colaboradores e a capacidade de conciliação da esfera laboral e privada.
 
Para a renovação deste selo de qualidade, foi realizada uma nova auditoria externa, rigorosa e abrangente, que analisou o equilíbrio entre igualdade e oportunidades, tendo em conta as medidas implementadas pela Baxter que visam a conciliação da vida laboral e familiar dos colaboradores. Entre as várias iniciativas da empresa, destacaram-se a flexibilidade laboral, o seguro de saúde extensível à família, a comparticipação de ginásio e os cursos de formação, demonstrando assim a existência de condições para os colaboradores poderem trabalhar a partir de casa e de uma maior autonomia de todos na gestão do seu tempo pessoal e profissional.
 
“O facto de termos sido a primeira empresa de tecnologia médica em Portugal a receber este certificado é um motivo de orgulho imenso. A verdade é que, por mais que tentemos dissociá-las, as esferas pessoal e profissional andam sempre lado a lado e infuenciam-se mutuamente. A renovação desta distinção da Baxter comprova que, com esforço, dedicação e boa-vontade, é possível que os colaboradores beneficiem de condições que lhes permitam estar sempre no seu melhor e adaptar a sua vida profissional consoante as contrariedades inerentes à vida pessoal. Pretendemos manter estas boas práticas e os valores pelos quais nos regemos, continuando a trabalhar sempre no sentido de as melhorar ”, refere Javier Valera, diretor-geral da Baxter Portugal.
 
O EFR é um certificado em conciliação e igualdade que representa uma nova cultura de trabalho no âmbito da responsabilidade social empresarial. É um modelo de gestão independente e único no mundo, com base na flexibilidade, respeito, compromisso e melhoria contínua, exigindo que políticas organizacionais como a qualidade e ambiente de trabalho, flexibilidade, formação e desenvolvimento profissional sejam apoiadas pela gestão de topo.

Imprimir