Campus Neurológico Sénior e Hospital CUF Torres Vedras colaboram na realização de ensaios clínicos

O Campus Neurológico e o Hospital CUF Torres Vedras vão participar em ensaios clínicos que estão a decorrer a nível mundial na área de doenças neurológicas, nomeadamente no âmbito da esclerose múltipla.
 
Em comunicado, é explicado que o Campus Neurológico ficará responsável pelo recrutamento e avaliação clínica dos participantes e o Hospital CUF Torres Vedras com a responsabilidade da realização de exames complementares de diagnóstico do ensaio, na área de oftalmologia, pneumologia e radiologia.
 
É ainda recordado que o Campus Neurológico Sénior existe "com o propósito de facultar aos seus doentes, familiares e cuidadores, num mesmo espaço físico, a possibilidade de encontrarem uma abordagem multidisciplinar e especializada para os seus problemas de saúde, preferencialmente, mas não exclusivamente, no domínio das doenças neurológicas".

A esclerose múltipla é uma doença crónica, inflamatória e degenerativa, que afeta o Sistema Nervoso Central (cérebro e medula espinal) e que interfere com a capacidade de controlar funções como a visão, locomoção e equilíbrio. Surge frequentemente entre os 20 e os 40 anos de idade, afetando com maior incidência as mulheres. Estima-se que a doença atinja cerca de 2,5 milhões de pessoas no mundo. A doença não tem cura, mas os tratamentos podem ajudar a controlar os sintomas e reduzir a progressão da doença.

Imprimir