Centro Hospitalar Barreiro Montijo iniciou hoje a 2ª fase da campanha de sustentabilidade ambiental

O Centro Hospitalar Barreiro Montijo (CHBM) iniciou hoje, 7 de abril, a 2ª fase da campanha de sustentabilidade ambiental, realizada no âmbito do Programa de Eficiência Energética (Eco.AP) e do Plano Estratégico do Baixo Carbono (PEBC) do Ministério da Saúde.

Objetivos da campanha:
- Reduzir os consumos de energia, água e produção de resíduos;
- Sensibilizar todos os colaboradores para as práticas sustentáveis;
- Gerar, facilitar e intensificar os fluxos de poupança, incentivando a um desempenho individual e organizacional sustentáveis;
- Criar mecanismos automáticos de poupança, que eliminem desperdícios.

A campanha está a ser desenvolvida em quatro fases, ao longo de um ano. Na primeira fase, que teve início no dia 24 de março, o CHBM  pretendia despertar o interesse de todos os colaboradores, através da colocação de cartazes em pontos estratégicos com a frase “Pequenos gestos vão ser reais”.

A 2ª fase, que hoje se inicia, visa "alertar os colaboradores e utilizadores para os gastos em consumo energético (água, eletricidade, água, resíduos) e informar no que poderia ser aplicado ou investido esse valor, em benefício do utente ou do profissional".

Em comunicado, o CHBM refere que, por ano, são gastos nesta unidade hospitalar mais de 250 mil euros em água e perto de 680 mil euros em luz, alertando que: "reduzir 20% dos gastos anuais em água e em luz permitirá poupar, respetivamente, 50 mil euros e 135 mil euros, dinheiro que pode ser aplicado em benefício dos utentes e profissionais".

Imprimir