CHUC bate recorde de transplantes hepáticos

O Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) acaba de anunciar que "suplantou hoje o maior número de transplantações hepáticas anuais de sempre, com 74 transplantes". É recordado que, em 2013, Emanuel Furtado e a sua equipa, com a realização de 71 transplantes, já tinha ultrapassado o anterior número de 68 transplantes efectuados em 2001.

Dos 74 transplantes hepáticos, 10 deles foram resultado da técnica de Split (bipartição - 1 fígado para 2 receptores).

O programa de transplantação hepática de Coimbra foi iniciado em 1992, tendo sido realizado, nesse mesmo ano, 5 transplantes e, desde então, "tem-se vindo a aumentar consistentemente".

Emanuel Furtado, coordenador da Unidade de Transplantação Hepática Pediátrica e de Adultos é o responsável pelo reinício da actividade de transplantação hepática pediátrica em 2012 no CHUC "e tem vindo a diferenciar a transplantação", refere o CHUC, acrescentando que, no início deste mês, foi realizado "um ´autotransplante` hepático, cirurgia que apenas se faz nos Centros mais diferenciados do mundo, num doente com um tumor hepático".

O presidente do Conselho de Administração do CHUC, José Martins Nunes, destaca a "excelência da qualidade das equipas de profissionais" e a capacidade de Portugal realizar transplantes hepáticos pediátricos e de adultos "num centro de grande diferenciação". Refere ainda que o "excelente resultado" obtido evidencia a importância do CHUC no contexto nacional da transplantação e "constitui um motivo de orgulho para a cidade e para a região".

Imprimir