Debate sobre a conservação da fertilidade nos tratamentos de leucemias e linfomas

A Associação de Apoio aos Doentes com Leucemia e Linfoma (ADL) organiza, dia 25 de junho, quinta-feira, uma conferência, com entrada livre e gratuita, subordinada ao tema “Fertilidade e doença hemato-oncológica”. A iniciativa tem início às 14h00 e decorre no Auditório do Centro de Investigação Médica da Faculdade Medicina da Universidade do Porto.

Na apresentação do evento, a ADL salienta que "é cada vez maior o número de pacientes hemato-oncológicos (com cancros do sangue: leucemias, linfomas, mielomas, etc) que ultrapassa a fase aguda da doença e consegue que a situação evolua para a cronicidade atingindo um patamar de ´normalidade` na sua vida pessoal, profissional e familiar".

Desta forma, acrescenta a associação, surgem "novos desafios a enfrentar: sobreviver com qualidade de vida". E levantam-se "novas problemáticas", nomeadamente questões da infertilidade associada à doença e aos tratamentos.

Relativamente ao programa do 8º Encontro de Verão da ADL, Fátima Ferreira, hematologista do Centro Hospitalar S. João (CHSJ) e presidente da ADL, irá realizar uma introdução ao tema, a que se seguirá a intervenção de Joaquim Andrade, hematologista do CHSJ, que irá abordar os efeitos da doença e respetivos tratamentos de quimioterapia e radioterapia na fertilidade de homens e mulheres com leucemia, linfoma e outros cancros do sangue.

"Métodos de conservação da fertilidade" é o tema que vai reunir Alberto Barros e Pedro Xavier, respetivamente, geneticista e ginecologista/obstetra do CHSJ.

Após a apresentação pelos especialistas, alguns doentes que vivenciaram esta problemática irão dar o seu testemunho e serão ainda apresentadas novidades sobre o trabalho desenvolvido pela ADL. 

Imprimir