Dia Europeu da Disfunção Sexual: «Amor sem obstáculos»

Com o propósito de assinalar o Dia Europeu da Disfunção Sexual, que se comemora a 14 de fevereiro, a mesma data do Dia dos Namorados, a Sociedade Portuguesa de Andrologia e a Lilly Portugal vão promover a ação "Amor sem obstáculos", que decorrerá nos dias 13, 14 e 15 de fevereiro, no Centro Comercial Colombo, em Lisboa. A iniciativa visa alertar a população para os problemas causados por patologias como a Disfunção Erétil (DE) ou a Hiperplasia Benigna da Próstata (HBP).

Para ilustrar os obstáculos causados pela HBP ou pela DE, foi construído um labirinto, composto por várias paredes. À semelhança do que acontece com estas doenças, existe uma saída: os visitantes vão ter de a encontrar".

Para participarem, homens e mulheres vão ter duas entradas diferentes. Os dois caminhos ilustram a perspetiva de cada um perante os mesmos obstáculos/sintomas das doenças. Para isso, vão ser colocadas frases na primeira pessoa e imagens em paredes estratégicas do percurso, que interpretam a visão, ou do doente, ou do outro membro do casal.

Depois de completarem o labirinto, os participantes vão ter uma romântica surpresa: apesar de haver duas entradas, existe uma mesma saída, no centro do coração.

É aqui que o casal se volta a encontrar e, como recompensa, cada um vai poder escolher entre três metades de uma moldura em tamanho real, com alguns escritos. As inscrições podem resultar em combinações como “Sei que te amo/porque és especial”, “O meu coração bate/a cada segundo contigo” ou “Os meus olhos brilham/sempre que te vejo”.

Com as metades de molduras na mão, segurando juntos na moldura completa, podem tirar uma fotografia, que é revelada na hora e entregue numa bolsa com informação sobre HBP e Disfunção Erétil.

Quem entrar sozinho, também pode (e deve!) tirar uma fotografia com uma moldura completa, especialmente desenhada para o efeito. À semelhança dos casais, levará consigo informação sobre as patologias.

"Este ano, voltámos a apostar na diferença. A mensagem que queremos passar é séria – a disfunção erétil e a HBP são um obstáculo na saúde do homem e do casal e devem ser resolvidas – mas queremos chegar às pessoas num tom descontraído. Dai a nossa aposta no romance, um dos melhores aliados do casal", explica Pepe Cardoso, presidente da Sociedade Portuguesa de Andrologia. "Estes problemas afetam o quotidiano, mas têm solução. Basta pedir ajuda. Queremos passar essa mensagem de esperança", acrescenta.

Para mais informações: www.saudedehomem.pt 

Imprimir