Doenças Respiratórias: GRESP vai partilhar «muitas das boas práticas» nos cuidados primários

A 7.a edição das Jornadas do Grupo de Estudos de Doenças Respiratórias (GRESP) da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF) já tem data marcada para 21 e 22 de outubro, no PT Meeting Center, em Lisboa.

Rui Costa, coordenador do GRESP, acredita que, nessa altura, com a vacinação à covid-19, já vai ser possível juntar presencialmente médicos e outros profissionais de cuidados de saúde primários com interesse na área das doenças respiratórias.

Ainda não há programa, mas Rui Costa está convicto que vai ser mais um evento de sucesso ou não fosse o GRESP um grupo que se destaca na educação médica em doenças respiratórias nos cuidados de saúde primários, conforme o especialista refere:

“O GRESP tem tido um papel de destaque e notoriedade interpares, e também com outros parceiros, sendo atualmente uma referência na formação em doenças respiratórias a nível dos cuidados de saúde primários.”


Coordenação do GRESP (reunião de 2019): Eurico Silva, Tânia Lopes, Carlos Gonçalves, Rui Costa, Luís Alves, Cláudia Vicente e Tiago Lopes

Espera-se assim, mais uma vez, um encontro a recordar no futuro. “Muitas das boas práticas na área das doenças respiratórias, em contexto de cuidados primários, contam com a nossa colaboração; vamos ter, com certeza, um programa muito aliciante e do interesse da MGF.”


A realização das Jornadas no último semestre do ano deveu-se às restrições da pandemia, mas também à sobrecarga de trabalho dos médicos de família. De acordo com o médico, as atividades são múltiplas, já que "as consultas presenciais diminuíram, mas aumentaram bastante as teleconsultas, além de todo o trabalho relacionado com a covid-19 e que, no seu conjunto, superaram o total de consultas realizadas em 2019".


Rui Costa

À frente do GRESP há 6 anos, deveria passar o testemunho até abril, mas face aos constrangimentos da pandemia, vai continuar no cargo até às Jornadas, estando ainda por decidir a data da escolha do próximo coordenador.

“É tempo de sair, não nos devemos eternizar nos cargos", afirma Rui Costa, acrescentando: "Devemos dar oportunidade a novos elementos, e é da diversidade de novas alternativas que nascem os grandes projetos.”


Rui Costa: "A reunião do GRESP motiva sempre a exposição de trabalhos científicos de elevada qualidade."


seg.
ter.
qua.
qui.
sex.
sáb.
dom.

Digite o termo que deseja pesquisar no campo abaixo:

Eventos do dia 24/12/2017:

Imprimir