Doentes hipertensos: Especialistas focados em «melhorar a integração de cuidados»

A sessão magna com a Medicina Geral e Familiar, "que promete animada discussão e partilha de saberes", vai ser um ponto alto do 12.º Congresso de Hipertensão e Risco Cardiovascular Global, que se realiza entre os dias 22 e 25 de fevereiro de 2018, adianta Vítor Paixão Dias.

Segundo o presidente da Comissão Organizadora do evento, e atual diretor do Serviço de Medicina Interna do Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho (CHVNG/E), "a grande maioria dos doentes hipertensos está nos cuidados de saúde primários e temos seguramente que discutir, para além de casos clínicos de maior complexidade, formas de melhorar a integração de cuidados".

"Um programa abrangente"

Relativamente aos temas que vão estar em debate, e "sem querer destacar nenhuma sessão em particular", Vítor Paixão Dias explica que se procurou elaborar "um programa abrangente". Esperando que vá ao encontro das expectativas de todos os congressistas, "não deixarei de salientar as mesas-redondas dedicadas a alguns aspetos do risco vascular global", refere.



De acordo com o médico, "as mais recentes classes de antidiabéticos orais e a expectativa criada após a divulgação dos resultados de alguns estudos que apontam para importante repercussão positiva no prognóstico deste tipo de doentes constituem seguros motivos de interesse".

Afirma ainda que "os mitos e a evidência atual acerca da abordagem e tratamento da fibrilação auricular inserem-se também nestes aspetos particulares". O internista faz também referência "a um outcome de importância crescente como a demência vascular, cuja incidência e repercussão social fazem antever, sem exagero, contornos de verdadeira epidemia".

"Extravasa o espaço europeu"

Manuel de Carvalho Rodrigues acrescenta ser "particularmente gratificante poder destacar que este é um programa que extravasa o espaço europeu e se estende, de forma muito particular, por todo o mundo de língua portuguesa".


Manuel de Carvalho Rodrigues e Vítor Paixão Dias

O presidente da Sociedade Portuguesa de Hipertensão salienta ainda "a aprovação científica que o Congresso mereceu por parte da Sociedade Europeia de Hipertensão, bem como a creditação, ainda em fase final de aprovação, pelo European Board Acreditation in Cardiology (EBAC)".


Empenho em reduzir o "peso da morbimortalidade cardiovascular"

Vítor Paixão Dias,  que é especialista em Hipertensão Clínica da Sociedade Europeia de Hipertensão, faz questão de sublinhar a relevância deste Congresso, que decorrerá em Vilamoura, enquanto "ponto alto de encontro entre todos aqueles que se interessam pela hipertensão e pelo risco cardiovascular global e que estão imbuídos da vontade de discutir estratégias para reduzir o peso da morbimortalidade cardiovascular".

O programa do 12.º Congresso Português de Hipertensão e Risco Cardiovascular Global pode ser consultado aqui.



seg.
ter.
qua.
qui.
sex.
sáb.
dom.

Digite o termo que deseja pesquisar no campo abaixo:

Eventos do dia 24/12/2017:

Imprimir