Endocrinologistas, médicos de família e internistas vão discutir, em Lisboa, a «Diabesidade»

O Núcleo de Endocrinologia Diabetes e Obesidade (NEDO) vai realizar, em Lisboa, o seu próximo curso. A formação, sob a direção de Alberto Galvão-Teles, conta, como habitualmente, com o patrocínio científico da Ordem dos Médicos, Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar, Sociedade Portuguesa de Endocrinologia, Diabetes e Metabolismo e Sociedade Portuguesa para o Estudo da Obesidade.

"Diabesidade - da obesidade à diabetes" é o lema do 33.º Curso, que se realiza nos dias 8 e 9 de abril, no Auditório do Alto dos Moinhos. O programa completo pode ser consultado aqui.



Criado em 2006, o NEDO tem como objetivo tratar e difundir os problemas relacionados com a Endocrinologia. Entre as atividades que desenvolve, destaca-se a realização de cursos pós-graduados e o desenvolvimento de investigação e apoio clínico. Anualmente, o NEDO promove cerca de cinco cursos anuais: um em Lisboa e os restantes no Centro e Sul do país, com o propósito de que os médicos dessas zonas possam aceder com maior facilidade às ações de formação.




Os cursos são dirigidos a clínicos gerais, internistas e especialistas ou endocrinologistas em formação e pretendem, de acordo com Alberto Galvão-Teles, “tratar as doenças mais prevalentes da Endocrinologia, que incluem a obesidade, a diabetes e as doenças da tiroideia”.

O presidente do NEDO adianta que são cursos “práticos”, tendo como palestrantes, além de endocrinologistas, outros especialistas, como reumatologistas, andrologistas, urologistas, psiquiatras, patologistas, psicólogos e nutricionistas.

A equipa do NEDO é constituído por cinco endocrinologistas - A. Galvão-Teles, Teresa Dias, Joaquim Garcia e Costa, Zulmira Jorge e Fernando Baptista --, bem como por nutricionistas e psicólogos.

Para mais informações:
Rua Rodrigo da Fonseca, 151 - 1º dto - 1070 242 Lisboa
Telef: 213 868 551
Fax: 213 812 358
email: nedo.saude@gmail.com

A ficha de inscrição está disponível aqui.



Imprimir