Especialistas debatem patologia vascular em Braga

Decorre neste mês de junho, em Braga, mais um congresso da Sociedade Portuguesa de Angiologia e Cirurgia Vascular (SPACV ). Segundo Isabel Cássio, sua presidente, o evento tem como temas centrais a doença carotídea, a patologia da aorta torácica e abdominal, a doença arterial periférica e a doença venosa e linfática.

“A SPACV organiza um congresso anual escolhendo para local da sua realização uma das cidades do país onde existem serviços de Cirurgia Vascular, de modo a privilegiar a proximidade com todos”, afirma Isabel Cássio, adiantando ser esperada “a presença maciça dos sócios para abordar os temas mais atuais da patologia vascular: doença carotídea, patologia da aorta torácica e abdominal, doença arterial periférica e doença venosa e linfática”.

A presidente da SPACV faz questão de destacar uma sessão sobre “Histórias na evolução da Cirurgia Vascular em Portugal”, no final da qual será distribuído um livro elaborado pelos sócios “menos jovens“ da Sociedade e que “pretende perpetuar para o futuro os feitos, a evolução e as ‘estórias’ vividas pelos cirurgiões vasculares portugueses”.

Foram recebidas 52 comunicações livres e 56 posters, com especial participação dos internos da especialidade. O XIV Congresso Anual da Sociedade Portuguesa de Angiologia e Cirurgia Vascular realiza-se nos 19, 20 e 21 de junho. O programa final pode ser consultado aqui.

A participação na formação e atualização dos MF é um dos objetivos da SPACV

A SPACV é uma associação médica de caráter científico, formativo e de divulgação profissional. Entre os seus objetivos, Isabel Cássio realça “a formação contínua dos médicos da especialidade, com especial enfoque nos internos; a participação na formação e atualização de outros profissionais de saúde (especialistas de MGF, enfermeiros e técnicos de diagnóstico e terapêutica); a interação com a comunidade; a interligação com outras sociedades científicas nacionais e internacionais e o incentivo à investigação e publicação científica”.

Todos estes aspetos, que considera “essenciais ao progresso da especialidade”, são concretizados em diversas iniciativas, como cursos, rastreios e recomendações para os clínicos e população. Adicionalmente, a SPACV edita a revista Angiologia e Cirurgia Vascular, indexada nos sistemas Latindex e na SciELO Citation Index da Web of Knowledge, “o que possibilita a sua divulgação na comunidade científica de língua portuguesa e espanhola, para além do importante papel que desempenha na partilha de conhecimentos entre os especialistas nacionais”.


Notícia publicada na atual edição do Jornal Médico, que dedica várias páginas à Angiologia e Cirurgia Vascular. Isabel Cássio, presidente da Sociedade  Portuguesa de Angiologia e Cirurgia Vascular (SPACV) é uma das várias especialistas entrevistadas neste Especial.




Imprimir


Médicos de família assinalam Dia Mundial da Asma 2019 na Sertã