Faculdade de Ciências Médicas recebe, hoje à tarde, debate sobre os direitos sexuais e reprodutivos

O NOVA debate realiza hoje à tarde, pelas 18h00, uma mesa redonda intitulada "Direitos e violações. A sexualidade contemporânea", com o objetivo de "encetar um debate informado sobre as questões da sexualidade". A sessão decorrerá no Anfiteatro 1 da Faculdade de Ciências Médicas - UNL.

O debate estará focado em dois pontos centrais:
- Explicação sobre o que são os direitos sexuais e reprodutivos, a sua consagração na lei.
- Causas e tipos de violações perpetradas contra estes mesmos direitos.

Na apresentação da iniciativa, é recordado que " violação dos direitos sexuais e reprodutivos não é uma realidade consignada apenas aos países ditos subdesenvolvidos ou em desenvolvimento", sendo dado o exemplo da mutilação genital feminina "que é, de facto, praticada no nosso país em comunidades fechadas, ou no aumento do número de casos de VIH/SIDA em Portugal resultante do desinvestimento na área da prevenção, informação e educação".

Participam neste debate representantes de várias associações:
ilgaportugal, BUÉ FIXE-Associação de Jovens, ONVG (Observatório Nacional de Violência e Género), APF - Associação para o Planeamento da Família e CESNOVA.



Imprimir