Festival Internacional de Cinema e Saúde Mental: «combater o estigma e a discriminação»

Até final deste mês estão abertas as inscrições para a 4ª edição do Festival Internacional de Cinema e Saúde Mental (FICSAM 2016). A divulgação dos filmes selecionados será realizada em meados de setembro. A iniciativa, que conta com o apoio da Direção-Geral da Saúde, através do Programa Nacional para a Saúde Mental, contempla a realização de conferências, concursos e workshops, além da exibição de filmes e documentários.

Os principais objetivos do Festival são os de "dar a conhecer diferentes obras cinematográficas, novos realizadores e criar novos públicos, contribuir para sensibilizar o público em geral para as questões relacionadas com a saúde mental dos indivíduos, combater o estigma e a discriminação associada a este tipo de problemáticas e contribuir para promover os direitos humanos das pessoas com doença mental".


Admissão de filmes


De acordo com o Regulamento, serão aceites filmes de ficção, documentário, animação e experimental. Os filmes devem englobar o tema da saúde mental vs doença mental, nomeadamente sobre a infância, adolescência, o envelhecimento, autismo, síndroma de asperger, depressão, depressão pós-parto, ansiedade, esquizofrenia, bipolaridade, stress pós-traumático, perturbações da personalidade, dependências, demências, alienação parental, o luto, divórcio, desemprego, a pobreza, mudança de escola, bullying, violência doméstica.


Para mais informações: ficsam@live.com 

Imprimir