Fórum de Dermatologia celebra 30.º edição de «intercâmbio com a MGF e a Pediatria»

Para comemorar a data, todos os dermatologistas convidados para o evento, que se realiza esta sexta e sábado, têm ou tiveram uma ligação com a Dermatologia do Centro Hospitalar do Porto (CHP), explica Manuela Selores. presidente das Jornadas.

A médica faz mesmo questão de destacar "o contributo de todos os colegas que ao longo destas 3 décadas contribuiram para o sucesso do Fórum".

Em declarações à Just News, a diretora do Serviço de Dermatologia do CHP explica que a 30.ª edição do Fórum Dermatologia inclui, "como nos anos anteriores, um simpósio de Dermatologia Pediátrica, uma sessão interativa com casos clínicos e a apresentação de trabalhos científicos sob a forma de poster".


Equipa do Serviço de Dermatologia do CHP

"Telemedicina aplicada à Dermatologia"

Contudo, "este ano, introduzimos outra área da medicina em franca expansão. A Telemedicina aplicada à Dermatologia, com a organização do 1º curso de Teledermatologia".

A formação terá lugar dia 10 de novembro, sendo organizada por Virgílio Costa e Mónica Caetano, especialistas em Dermatologia que realizam a Consulta de Teledermatologia no CHUP, e terá como moderadores Manuela Selores e Fernando Almeida, presidente do Conselho Clínico do ACES Gondomar.

"Intensificar o intercâmbio"

O Fórum de Dermatologia é dirigido, em particular, a dermatologistas, médicos de família e pediatras, mas também a enfermeiros e estudantes, além de outros especialistas interessados no tema.



"O nosso grande objetivo passa por intensificar o intercâmbio clínico-científico com duas áreas médicas próximas da Dermatologia (Medicina Geral e Familiar e Pediatria)", afirma Manuela Selores.

Criado há 99 anos, é uma referência na assistência, na formação e na investigação

Seguindo a tendência da própria especialidade, o Serviço de Dermatologia do Centro Hospitalar do Porto (CHP) - Hospital de Santo António (HSA), criado oficialmente há 99 anos, sofreu grandes alterações nas últimas décadas. A vertente assistencial mais dirigida ao internamento evoluiu para um quadro de expressão maioritariamente de ambulatório, acompanhando a inovação tecnológica.



Além da componente assistencial, o Serviço dirigido por Manuela Selores dedica-se à formação pré-graduada, lecionando o módulo de Dermatologia no Mestrado Integrado em Medicina do Instituto de Ciências Abel Salazar da Universidade do Porto, à formação pós-graduada no internato de Dermatovenereologia, no internato de Medicina Geral e Familiar, no internato de Pediatria e, pontualmente, noutros internatos.

Quanto à formação pós-graduada, Manuela Selores refere: “Temos capacidade formativa para o Internato da Especialidade de Dermatovenereologia (atualmente, com 6 internos em formação, o Internato de Medicina Geral e Familiar (em média, 12 internos/ano) e o Internato de Pediatria (cerca de 4 internos/ano).


Corpo Docente de Dermatologia do Curso de Medicina do ICBAS da Universidade do Porto e Unidade de Investigação em Dermatologia do CHP

Outra vertente na qual tem apostado nos últimos anos é a investigação clínica, com vários projetos de investigação e ensaios clínicos na área da psoríase, urticária e oncologia cutânea, tendo nos dois últimos anos realizado 11 ensaios, dos quais três já estão finalizados.

Fruto desta aposta, em 2014, foi criada a Unidade de Investigação em Dermatologia do Centro Hospitalar do Porto.

O Serviço foi galardoado, três anos consecutivos (primeiro, segundo prémio e menção honrosa), com o “Prémio Sollari Allegro”, atribuído ao melhor Serviço do CHP em termos de ensino, formação e investigação, respetivamente, em 2012, 2013 e 2014.

Assistentes técnicos: quando o esforço é reconhecido

Além dos médicos que integram o Serviço de Dermatologia do CHP, outros profissionais contribuem para o sucesso desta equipa. É o caso de Fernando Pereira, assistente técnico desde novembro de 1999, embora o seu percurso no hospital tenha tido início em janeiro de 1997.


Paula Costa e Fernando Ribeiro

“Trabalhar no Serviço de Dermatologia tem sido gratificante. É bom vermos o nosso trabalho e o nosso esforço reconhecidos e apreciados", conta o assistente técnico.

Na sua opinião, "a Dr.ª Manuela Selores, pela sua forma de liderar, contribui para o bom relacionamento entre os diferentes grupos profissionais e o bom ambiente existente, fomentando um espírito de interajuda entre todos no atingimento dos objetivos propostos sejam estes individuais ou coletivos”. O Serviço integra ainda a assistente técnica Paula Costa, afeta à Consulta Externa do Serviço de Dermatologia desde maio 2011.

Cumplicidade entre equipa de enfermagem e médicos beneficia o utente

Ângela Dias e Ana Gouveia são as duas enfermeiras fixas do Serviço de Dermatologia do CHP-HSA. A primeira trabalha ali há 15 anos e a segunda há 17.


Ângela Dias e Ana Gouveia

“Há muita cumplicidade entre a equipa e isso funciona muito bem e sempre a favor do doente”, Afirma Ângela Dias. De realçar, igualmente, que os doentes têm ao seu dispor um contacto telefónico, atendido pelas enfermeiras, para o esclarecimento de qualquer tipo de questão. Para as duas enfermeiras, é sobretudo a disponibilidade para com o doente que faz a diferença neste Serviço do Hospital de Santo António.



O programa da 30.ª edição do Fórum Dermatologia, organizado pela Associação de Dermatovenereologistas da Cidade Invicta, pode ser consultado aqui.


seg.
ter.
qua.
qui.
sex.
sáb.
dom.

Digite o termo que deseja pesquisar no campo abaixo:

Eventos do dia 24/12/2017:

Imprimir


Médicos de família assinalam Dia Mundial da Asma 2019 na Sertã