Jornadas de Hematologia da ULS de Matosinhos visam «melhorar a referenciação»

É com o objetivo de "criar pontes de proximidade com as especialidades referenciadoras" que os hematologistas da Unidade Local de Saúde (ULS) de Matosinhos realizam, esta sexta-feira, as suas primeiras jornadas, explica Joana Martins, que está a coordenar o evento, cuja inscrição é gratuita.

Em declarações à Just News, a médica explica que o programa da reunião está precisamente "muito direcionado para os nossos colegas, em particular, internos e especialistas de Medicina Geral, bem como de Medicina Interna, no sentido de criarmos uma espécie de equipa multidisciplinar e desenvolvermos uma complementaridade de cuidados".


André Azevedo, Marta Gomes, Maria João Santos e Joana Martins

Serviço com o "âmbito de atuação ampliado"

A vontade de realizar este evento surge muito pelo facto de, nos últimos anos, o Serviço de Hematologia da ULSM ter crescido e prestar agora cuidados mais integrados aos utentes. "Queremos dar a conhecer o serviço recém reformulado/aumentado, assim como o seu âmbito de atuação ampliado à doença hemato oncológica", refere Joana Martins.

De facto, até 2016, altura em que integrou a ULSM, a equipa de Hematologia contava apenas com duas médicas, sendo uma delas Maria João Santos, que tem liderado o Serviço. Nessa altura, "e com raras excepções em termos de patologia, assegurávamos apenas os cuidados aos tratamentos de doentes com doença hematológica não oncológica".

Assim, esclarece Joana Martins, "com excepção da síndrome mielodisplásica e neoplasias mieloproliferativas, quando os doentes tinham o diagnóstico de doença oncológica (linfoma, leucemia, mieloma ou outro), eram encaminhados para o Serviço de Oncologia".

A realidade é agora outra: "A partir do momento que integrei o Serviço, comecei a assumir algumas dessas patologias, passando o doente desde o diagnóstico até ao tratamento, a ser seguido sempre pelo mesmo serviço, com todas as vantagens inerentes."

Entretanto, em setembro de 2020 e em março de 2021 foram também contratados mais dois elementos para o Serviço (André Azevedo e Marta Gomes) "pelo que agora somos 4, sob a direção de Maria João Santos".


"Quando referenciar à Hematologia"

A vontade do Serviço de Hematologia e do Serviço de Gestão do Conhecimento (CGC) da ULSM em organizar estas Primeiras Jornadas de Hematologia surge também pela noção de que "a Hematologia é uma área geralmente muito desconhecida e até temida pela maior parte dos utentes, mas até por parte de muitos médicos".

Asssim, refere a especialista, "a nossa equipa considerou premente desmistificar estes conceitos e até, num mundo ideal, fazer uma ´partilha` responsável dos doentes, com a segurança dos colegas de outras especialidades em saberem a quem e quando referenciar".

No programa das Jornadas fica evidente o grande foco na referenciação sendo, aliás, essa a intervenção de Joana Martins, que irá abordar os critérios de referenciação e esclarecimentos sobre "quando referenciar à Hematologia"

O programa pode ser consultado aqui.
Para mais informações: jornadasdehematologia@gmail.com 

 


Dirigida a profissionais de saúde e distribuída em serviços e departamentos de todos os hospitais do SNS, esta publicação da Just News tem como missão a partilha de boas práticas, de boas ideias e de projetos de excelência desenvolvidos no âmbito do SNS, facilitando a sua replicação.

seg.
ter.
qua.
qui.
sex.
sáb.
dom.

Digite o termo que deseja pesquisar no campo abaixo:

Eventos do dia 24/12/2017:

Imprimir