Investigação em leucemia e linfomas: Bolsa de 15 mil euros «é uma mais-valia para o avanço da medicina»

"Pretendemos encorajar a comunidade científica na investigação das doenças hemato-oncológicas malignas", afirma João Raposo, presidente da Sociedade Portuguesa de Hematologia (SPH), a propósito da 4.ª edição da bolsa "Building Future Knowledge in mature B cell malignacies".

A iniciativa é da Associação Portuguesa Contra a Leucemia (APCL), sendo realizada em parceria com a SPH e conta com o apoio da biofarmacêutica Gilead Sciences. O prémio no valor de 15 mil euros será atribuído ao "projeto de investigação mais promissor".

"A participação nestes projetos é uma mais-valia para o avanço da medicina", sublinha João Raposo.

Candidaturas abertas até 31 de maio

As candidaturas estão abertas desde o dia 1 de março, estando o encerramento agendado para dia 31 de maio.

Todos os investigadores, nacionais ou estrangeiros, que estejam a desenvolver projetos em instituições portuguesas na área de investigação científica e/ou epidemiológica em neoplasias B de células maduras, podem candidatar-se à bolsa de investigação.

De acordo com o regulamento, são valorizados projetos de carácter interdisciplinar e de colaboração entre instituições, com foco no estudo das áreas de tratamento, diagnóstico, epidemiologia, qualidade de vida dos doentes e impacto a nível sociológico.



"É necessário continuar o estudo e investigação"

Para Manuel Abecasis, presidente da APCL, “a hemato-oncologia é das áreas oncológicas com maior taxa de sucesso de cura definitiva". Contudo, salienta também que, 2para continuarmos a manter esses números, é necessário continuar o estudo e investigação".

Nesse sentido, acrescenta, "os estímulos à investigação científica em Portugal continuam a ser uma prioridade para a APCL, até porque essa é também uma forma de apoiar os nossos doentes, uma vez que é assim que se trilham os caminhos de descoberta de novos medicamentos”.

Já Vítor Papão, diretor-geral da Gilead Sciences Portugal, recorda que a missão da empresa que lidera passa por "contribuir para um mundo com mais saúde para todos". Assim, ao apoiar bolsas de investigação como esta, "é um meio para atingir esse nosso objetivo. Acreditamos no valor da investigação científica desenvolvida em Portugal e temos grande expectativa relativamente aos trabalhos que serão apresentados nesta edição."

As candidaturas à 4.ª edição da bolsa “Building Future Knowledge in mature B cell malignacies” podem ser enviadas para o email bolsas@apcl.pt. Para mais informações pode consultar o regulamento.

Imprimir


Próximos eventos

Ver Agenda