Lançamento do livro Melanoma 2013

Realiza-se amanhã, 13 de maio, pelas 18h00, na Biblioteca da Assembleia da República, o lançamento do livro Melanoma 2013. Trata-se da primeira obra técnica, em português, sobre melanoma e contou com a participação de investigadores e clínicos das várias especialidades, envolvidos no estudo, diagnóstico e tratamento do melanoma no nosso país. O lançamento do livro é promovido pela Assembleia da República e Intergrupo Português de Melanoma.

Esta publicação reúne informação essencial sobre melanoma e pretende preencher uma lacuna sentida pelos profissionais de saúde. Durante a apresentação, serão abordados os seus principais objetivos e conteúdos, assim como os aspectos relacionados com a prevenção, diagnóstico e tratamento atual do melanoma em Portugal.


PROGRAMA:

Sessão de abertura – Recepção e boas vindas
- Maria Antónia de Almeida Santos, Presidente da Comissão de Saúde

Introdução ao Livro “Melanoma 2013”
- Maria de Belém, deputada do Partido Socialista e ex-ministra da Saúde

Apresentação do “Melanoma 2013”
- Maria José Passos, coordenadora Livro Melanoma 2013

Melanoma: Passado e Futuro
- J. Machado Lopes, oncologista médico

Melanoma: a doença, o doente, o médico e a sociedade numa visão para o futuro
- Ricardo Vieira, dermatologista do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra

Sinais de Vida
- Joana Pontes

O Melanoma na realidade portuguesa| Encerramento
- Nuno Miranda, Coordenador Plano Nacional de Prevenção das Doenças Oncológicas

A apresentação do livro assinala também a semana europeia do melanoma e antecipa o dia do Euromelanoma, que se assinala no dia 14 de maio e tem, como objetivo principal, sensibilizar para a importância da prevenção do tipo mais grave de cancro cutâneo.

A incidência e mortalidade por melanoma continuam a aumentar em todo o mundo. Na Europa nas últimas décadas a incidência de melanoma registou um aumento de cerca de 5%. Em Portugal, diagnosticam-se todos os anos cerca de 1.000 casos de melanoma e a incidência ronda os 6-8 casos/100.000 habitantes.

Imprimir