LIDEL lança guia prático "Alzheimer em 50 questões essenciais"

A LIDEL acaba de lançar o primeiro livro da sua nova chancela, LIDEL Saúde e Bem-Estar, uma aposta na edição de livros escritos por especialistas e dirigidos ao grande público, com conteúdos mais generalistas. “Alzheimer em 50 questões essenciais”, da autoria da neurologista Belina Nunes, é um livro pensado para o público em geral, principalmente para todos os leitores que tenham casos de familiares ou amigos que são afetados por esta doença.

Com o objetivo de responder às questões mais frequentes sobre a demência e, em particular, sobre a doença de Alzheimer, este livro está centrado na pessoa com demência e não apenas nos sintomas da doença.   

A doença de Alzheimer tornou-se uma das doenças mais temidas nas sociedades ocidentais (…) Atualmente é difícil encontrar uma pessoa que nunca se tenha cruzado com o termo doença de Alzheimer, e é possível que já tenha ajudado a cuidar de doentes com demência. Mantêm-se, no entanto, muitas dúvidas e mal-entendidos em relação à doença, quer quanto ao seu diagnóstico quer quanto ao que esperar do tratamento e da evolução.

In Introdução de Belina Nunes


A autora refere ainda que “as estimativas sobre o número de casos de doença de Alzheimer no mundo, para 2050, é de 1 em cada 85 pessoas… São números assustadores e que deverão impelir a sociedade e cada um de nós a fazer o seu melhor na prevenção.

Conteúdos abordados no livro "Alzheimer em 50 questões essenciais":
•    Antes do Diagnóstico
•    Diagnóstico
•    Tratamento
•    Depois do Diagnóstico - Planear o Futuro do Doente
•    Lidar com as Alterações de Comportamento e de Cognição
•    Apoio aos Cuidadores

Algumas das 50 questões a que este livro dá resposta:
- Afinal o que quer dizer demência?
- Existem meios de nos protegermos?
- Quais os sintomas da doença de Alzheimer?
- É possível detetar a doença antes de aparecerem os sintomas?
- O meu familiar recusa admitir que está doente. Devo aceitar?
- O que posso fazer quanto aos episódios de desorientação?
- Devo contrariar quando diz ou faz coisas erradas?
- E se não quiser deixar a sua casa? Devo colocar num lar?


Imprimir