Líderes mundiais da OMS para Enfermagem e Obstetrícia em Assembleia Geral em Coimbra

Está a decorrer, na Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, a 17ª Assembleia Geral da Rede Global dos Centros Colaboradores da Organização Mundial de Saúde (OMS) para Enfermagem e Obstetrícia, um importante fórum mundial com representantes das seis regiões da OMS. O evento termina amanhã.

São cerca de 70 os especialistas, conselheiros e líderes mundiais da OMS presentes nessa Assembleia Geral, com observadores oriundos de 20 países: Estados Unidos da América, Canadá, Jamaica, Colômbia, Brasil, México, África do Sul, Botswana, Finlândia, Escócia, Eslovénia, Portugal, Jordânia, Myanmar, Tailândia, Índia, Japão, China, Coreia, Austrália e Hong Kong.

Está em debate a escolha da localização da próxima Conferência da Rede Global (com uma candidatura de Glasgow) e da transferência da sede da respetiva direção – a atual secretária-geral para o período 2008-2014, Isabel Amélia Mendes, do Brasil, termina funções, sucedendo-lhe John Daly, da Austrália. Na reunião estão ainda a ser tratadas questões como os desafios na área de Recursos Humanos para a Saúde e o papel a desempenhar pela Enfermagem e Obstetrícia para assegurar a cobertura universal dos cuidados de saúde.

Judith Shamian, presidente do Conselho Internacional de Enfermeiros, Frances Ganges, chefe-executivo da Confederação Internacional de Parteiras, e Ruediger Krech, representante da diretora-geral da OMS, são algumas das personalidades presentes nesta Assembleia Geral.

Fundada em 1988, a Rede Global dos Centros Colaboradores da OMS é uma organização independente, internacional e sem fins lucrativos, que se esforça por maximizar o contributo da Enfermagem e da Obstetrícia para a promoção da saúde para todos, em parceria com a OMS e seus Estados-membros, centros membros, ONGs e outros interessados na promoção da saúde das populações.

Na última quarta-feira, a Escola Superior de Enfermagem de Coimbra foi oficialmente designada Centro Colaborador da OMS para Enfermagem e Obstetrícia, o primeiro na Península Ibérica, que será dirigido pela professora Ananda Maria Fernandes. A cerimónia ocorreu durante a X Conferência da Rede Global de Centros Colaboradores da OMS para Enfermagem e Obstetrícia, no centro de congressos do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra.

Imprimir