Lisbon Summer Meeting reuniu Cardiologistas e médicos de MGF

“A Medicina Geral e Familiar (MGF) tem um papel fundamental no controlo do doente cardíaco após a recuperação da fase aguda.” Quem o afirma é Rui Ferreira, um dos coordenadores da 8.ª edição do Lisbon Summer Meeting do Hospital de Santa Marta e diretor do Serviço de Cardiologia daquele hospital, que decorreu no Centro Cultural de Belém. Este ano, a iniciativa incluiu o 1.º Encontro com a Medicina Geral e Familiar.



“O objetivo era reunir médicos de MGF e cardiologistas para se apresentar, em conjunto, casos clínicos, de modo a aprendermos uns com os outros”, explicou à Just News Rui Ferreira. O responsável referiu ainda que esta troca de ideias e experiências já acontece no dia-a-dia da prática clínica há dois anos, quando o hospital iniciou visitas aos cuidados de saúde primários da sua zona de referência. “Temos visitado os colegas de MGF, mensalmente, para debater casos de doentes e a experiência tem sido muito importante para todos, principalmente para os doentes.”

Para Rui Ferreira, “um dos principais problemas da Saúde, em Portugal, é não existir um diálogo mais frequente com os CSP.” E continua: “Quando damos alta a um doente, vai ser a MGF a acompanhá-lo, logo temos que partilhar informação.”

Os temas abordados foram, sobretudo, a insuficiência cardíaca, as arritmias e a fibrilação auricular. De futuro, Rui Ferreira espera que este tipo de iniciativas sejam organizadas com o apoio da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF).



Imprimir


Próximos eventos

Ver Agenda