Mais de 200 bebés prematuros já foram acompanhados à distância pelos pais no CHOeste

O serviço disponibilizado pelo Centro Hospitalar do Oeste (CHOeste) “permite aos pais e outros familiares acompanhar de forma permanente os seus bebés prematuros, ou que necessitem de cuidados especiais, a partir de casa, ou de qualquer outro lugar com acesso a internet”. A explicação é dada por Alcina Sousa, enfermeira-chefe de Neonatologia.

Na região centro do país, foi a primeira unidade hospitalar a ser equipada com o Baby Care, serviço instalado pela Fundação PT (Portugal Telecom), no âmbito da estratégia de responsabilidade social da empresa. Desde julho de 2017 e até ao final de outubro deste ano, já tinha sido utilizado por 210 bebés.



Cada uma das oito incubadoras/berços localizados na Unidade de Cuidados Especiais Neonatais (UCEN), que estão abrangidos pelo sistema, dispõe de uma pequena câmara de vídeo que se liga a um servidor de vídeo IP. Para utilizar esta solução, as famílias apenas têm de aceder à Internet com a palavra-chave que lhes é fornecida pelo Serviço de Neonatologia, associada ao local onde está o seu bebé.


Alcina Sousa

“É um privilégio trabalhar num serviço que dispõe de uma solução tecnológica pioneira a nível mundial que permite aos pais de bebés prematuros ou que necessitem de cuidados especiais visualizarem os seus filhos à distância”, sublinha Alcina Sousa, que acompanhou o projeto desde o início.

A responsável realça que o facto de ser permitida a visualização do bebé durante as 24 horas, “é uma das medidas de humanização dos cuidados prestados e aumenta a relação de confiança com a equipa”.



Alcina Sousa espera que a Fundação PT e outras instituições com estatuto de utilidade pública, a par com o Ministério da Saúde, continuem a promover e apoiar projetos e iniciativas que contribuam para a melhoria dos cuidados aos cidadãos em geral e dos bebes em particular.

A diretora do Serviço de Pediatria do CHOeste, Luísa Preto, frisa que o serviço disponibilizado é “muito vantajoso para as famílias, pois permite que as mesmas possam acompanhar o bebé recém-nascido que necessita de ficar no hospital para receber cuidados especializados”.


Luísa Preto

A responsável recorda que a Unidade de Cuidados Especiais Neonatais (UCEN), localizada junto ao Bloco de Partos e inserida no Serviço de Pediatria, destina-se ao internamento de bebés (desde o nascimento até aos 28 dias de vida) que necessitem de tratamento ou vigilância particular.



Relativamente ao futuro do projeto, Luísa Preto e Alcina Sousa esperam que as oito câmaras se mantenham em funcionamento e que a Fundação PT continue a apoiar o projeto como tem feito até aqui.


seg.
ter.
qua.
qui.
sex.
sáb.
dom.

Digite o termo que deseja pesquisar no campo abaixo:

Eventos do dia 24/12/2017:

Imprimir