Novidades no Congresso de Oftalmologia facilitam interação entre diferentes subespecialidades

"O envelhecimento do sistema visual será o tema principal a discutir", refere Manuel Monteiro-Grillo, presidente da Sociedade Portuguesa de Oftalmologia, a propósito do 61.º Congresso Português de Oftalmologia. Esse debate "engloba a DMI, o Glaucoma e o Olho Seco, bem como a Presbiopia, monografia do biénio que nesse momento será, igualmente, apresentada".

O evento, que decorrerá entre os dias 5 e 8 de dezembro, em Vilamoura, fica marcado pela realização da reunião do BIOPSY (Burnier International Ocular Pathology Society) 2018, que se realiza em paralelo durante os dois primeiros dias. Manuel Monteiro-Grillo acredita que esta "será uma mais valia e, de algum modo, um reconhecimento da vitalidade da Oftalmologia Portuguesa.  


Manuel Monteiro-Grillo

O presidente da SPO faz ainda referência a um curso pré-Congresso, no dia 5 de dezembro, "em que alguns dos Grupos que dispersam as suas reuniões por diferentes momentos do ano se encontrarão na mesma data". 

O objetivo é permitir que se reúnam no mesmo local os profissionais que se interessam por diferentes subespecialidades, "dando possibilidade a que haja a interacção entre elas, por um lado e por outro, contribuindo para a redução do número excessivo de reuniões que ao longo do ano se realizam". 

Assim, estarão reunidos nesta ação pré-Congresso os Grupos de Inflamação Ocular, Oftalmologia Pediátrica e Estrabismo, Neuroftalmologia, Patologia, Oncologia e Genética Ocular, Ergoftalmologia e Órbita e Ocuplástica. 

A inscrição no Congresso pode ser efetuada aqui.


Comissão Central da SPO: João Beirão, Andreia Rosa, Elisabete Brandão, João Figueira e Manuel Grillo (Mário Ornelas e Joao Feijão ausentes na foto).

O programa pode ser consultado aqui.

seg.
ter.
qua.
qui.
sex.
sáb.
dom.

Digite o termo que deseja pesquisar no campo abaixo:

Eventos do dia 24/12/2017:

Imprimir


Médicos de família assinalam Dia Mundial da Asma 2019 na Sertã