My Servier

Serviço de Otorrinolaringologia do HGO presta homenagem a Luísa Monteiro

Luísa Monteiro, coordenadora da Unidade de ORL do Hospital Lusíadas Lisboa, foi a homenageada das 17.as Jornadas de Otorrinolaringologia do Hospital Garcia de Orta (HGO), que decorreram no início deste mês.

“Sou uma pessoa muito feliz por ter tantos amigos”, disse a presidente de Honra, ao agradecer o reconhecimento.


Luísa Monteiro 

Rodeada de muitos amigos e colegas de profissão, Luísa Monteiro foi a primeira mulher a ser homenageada nas já habituais Jornadas de ORL do HGO, que, este ano, decorreram sob o tema “Voice Summit”.

A apresentação do percurso profissional e pessoal da otorrino ficou a cargo de António Larroudé, coordenador do Serviço de ORL do Hospital Luz Lisboa e amigo de longa data, com quem fez o Internato de Formação Específica.



Várias fotos foram projetadas com momentos mais descontraídos e familiares, que deram a conhecer um pouco mais da médica que nasceu em Minas da Panasqueira, Beira Baixa. A vinda para Lisboa, ainda na altura do Liceu, levou-a a entrar em Medicina na Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa.



Tendo sido mãe ainda no Internato, António Larroudé destacou "a capacidade de conciliação da vida hospitalar, familiar e como docente", sublinhando: “Sempre foi muito dedicada.”

Como otorrino, o palestrante realçou o trabalho desenvolvido no Hospital Dona Estefânia (HDE), em Lisboa, onde começou como interna e onde ficou até 2013, antes de ir para o setor privado.


António Larroudé

Além de diretora do Serviço de ORL do HDE, Luísa Monteiro foi ainda diretora clínica adjunta do Hospital e a percursora do programa de implantes cocleares dessa unidade e do Rastreio Auditivo Neonatal Universal (RANU). Elogiou, ainda, a sua capacidade para criar equipas. “No HDE continua-se a trabalhar como se a Luísa Monteiro ainda lá estivesse.”

Mais a nível associativo, foi mencionada a sua participação “num dos grandes marcos da ORL portuguesa”, a realização do congresso europeu de ORL, em Portugal. “Houve muitos obstáculos, mas é uma mulher decidida e teimosa e não desistiu.”

A nível mais pessoal, enalteceu os seus cozinhados e o gosto por fazer tricô e rendas. Concluindo, lançou um repto: “Continua sempre com esse sentido de justeza, lealdade e retidão.”

Luísa Monteiro agradeceu e lembrou o “choque social e cultural” de quem saiu de uma pequena aldeia para uma grande cidade ou de como foi fazer o Internato numa equipa em que tinha apenas mais uma mulher.



Na homenagem estiveram presentes na mesa Luís Antunes, diretor do CRI ORL do HGO e presidente das Jornadas, Jorge Spratley, presidente da Sociedade Portuguesa de ORL e Cirurgia de Cabeça e Pescoço (SPORL-CCP), Miguel Magalhães, presidente do Colégio da Especialidade de ORL da Ordem dos Médicos e Nuno Marques, diretor clínico do HGO.


Elementos do Serviço de ORL do Garcia de Orta e da equipa que contribuiu para que as 17.ª Jornadas de Otorrinolaringologia do Hospital Garcia de Orta (HGO) fossem um sucesso



seg.
ter.
qua.
qui.
sex.
sáb.
dom.

Digite o termo que deseja pesquisar no campo abaixo:

Eventos do dia 24/12/2017:

Imprimir


Próximos eventos

Ver Agenda