«InspirAR» em Coimbra: CHUC organiza 1.º Encontro de Pneumologia para a Medicina Geral e Familiar

No Serviço de Pneumologia B do Hospital Geral (HG) do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), a qualidade assistencial assume relevância, a par com o desenvolvimento das vertentes de formação e investigação.

Com o intuito de complementar o trabalho desenvolvido a nível da formação, o Serviço decidiu organizar o 1.º Encontro de Pneumologia para a Medicina Geral e Familiar – InspirAR --, que decorre em Coimbra, nos dias 28 e 29 de outubro. A iniciativa partiu de um grupo de internos do Serviço de Pneumologia B do CHUC e de centros de saúde da região, que Fernando Barata, diretor do Serviço e presidente do evento, classifica como “muito dinâmico”.



“Penso que será um momento muito interessante, com o qual quer os médicos de família, quer os pneumologistas poderão beneficiar”, considera Fernando Barata.

José Coutinho Costa foi um dos impulsionadores do Encontro. Em entrevista, o interno de Pneumologia e secretário do evento menciona que esta iniciativa faz todo o sentido, tendo em conta a evolução que tem vindo a acontecer nos últimos anos, sobretudo no que respeita ao aparecimento de novas terapêuticas (moléculas e dispositivos) e o facto de muitas vezes a comunicação entre os serviços hospitalares e os cuidados de saúde primários não ser bem-sucedida.

“O nosso objetivo passa por criar uma melhor interligação entre a MGF e os serviços hospitalares, instituindo pontos de referência entre as duas especialidades”, adianta.

No evento, serão abordados temas comuns à Pneumologia e à Medicina Geral e Familiar (MGF), nomeadamente, a doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC), a asma, a apneia do sono, as infeções respiratórias e a cessação tabágica.


José Coutinho Costa
 
Debruçando-se sobre o programa, particularmente no que respeita à abordagem da patologia obstrutiva -- asma e DPOC --, José Coutinho Costa menciona que será enfatizado o papel seletivo dos corticoides na DPOC e o seu papel essencial na asma.

No que se refere à apneia do sono, o principal objetivo é alertar para a elevada prevalência da patologia e para o papel essencial do médico de MGF no seu rastreio. Destaque para a apresentação da “Plataforma Linde Medical Direct”, que pretende auxiliar o médico de MGF no seguimento de doente sob cuidados respiratórios domiciliários.

A patologia infeciosa, que assume relevância no contexto da urgência, e a cessação tabágica (consulta feita quer por pneumologistas, quer por especialistas em MGF) também fazem parte do programa do evento.


Alexandre Marques 

Na opinião de Alexandre Marques, interno de MGF da USF Condeixa e elemento da Comissão Organizadora, “dado o grande volume de doentes que é acompanhado nos cuidados de saúde primários, faz todo o sentido que haja uma interligação com os serviços hospitalares, de modo a que os doentes possam ser beneficiados”.

José Coutinho Costa faz questão de salientar a disponibilidade e “apoio incondicional” que Fernando Barata e todos os especialistas do Serviço demonstraram no projeto desde o primeiro dia, afirmando que “sem eles não teria sido possível”.

O evento contará com a moderação e a preleção de especialistas do Serviço de Pneumologia B do HG/CHUC e de médicos de família e dirige-se, sobretudo, a especialistas/internos de Medicina Geral e Familiar, mas está aberto também a outros médicos que tenham interesse nesta área e que queiram enriquecer a sua formação.


O programa pode ser consultado aqui.
A inscrição pode ser efetuada online.


Para mais informações: inspirar.encontro@gmail.com




seg.
ter.
qua.
qui.
sex.
sáb.
dom.

Digite o termo que deseja pesquisar no campo abaixo:

Eventos do dia 24/12/2017:

Imprimir