Prémios Jovem Cardiologista APIC 2016 para médicos de Coimbra, Lisboa e Leiria

Um dos pontos altos da 7.ª Reunião Anual da Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular, que se realizou no último fim de semana, na Figueira da Foz, consistiu na entrega dos Prémios Jovem Cardiologista APIC 2016, numa cerimónia presidida pelo próprio ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes.



Segundo Eduardo Infante de Oliveira, que presidiu ao evento, “a associação apostou num programa dedicado à inclusão dos internos e dos jovens cardiologistas, que se traduziu num número recorde de trabalhos e de casos clínicos submetidos”.

Os cinco internos e jovens médicos premiados foram contemplados com uma inscrição gratuita no EUROPCR 2017, o Congresso da Associação Europeia de Cardiologia de Intervenção Percutânea, que decorrerá em Paris, entre 16 e 19 de maio próximo.

Trabalhos premiados:


- “Casos desafiantes de fisiologia coronária”, de Catarina Ferreira Ruivo (Centro Hospitalar de Leiria-Pombal).


- “Stents bioabsorvíveis em lesões complexas”, de Joana Delgado Silva (Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra).


- “A minha angioplastia mais acrobática”. de Luís Leite (Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra).


- “Uma imagem vale mais do que 1000 palavras”, de Gonçalo Jácome Morgado (Hospital Garcia de Orta)


- “Cenários de pesadelo e salvações heróicas”, Joana Delgado Silva (Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra)


Entretanto, Gustavo Rodrigues, de Lisboa, foi o vencedor do questionário colocado na App do Congresso e, não tendo recebido diploma, foi chamado e cumprimentado por Adalberto Campos Fernandes e pela Direção da APIC.




Imprimir



Siga-nos no Instagram