Programa Gilead GÉNESE distingue projetos científicos e de iniciativa comunitária

A cerimónia pública de distinção dos projetos selecionados no âmbito do Programa Gilead GÉNESE decorreu, dia 5 de abril, no Centro Cultural de Belém. A edição de 2015 contou com o alto patrocínio do presidente da República, vendo reconhecida a sua relevância no apoio a projetos de natureza científica e projetos de iniciativa comunitária, nas áreas da fibrose quística, hemato-oncologia, hepatites virais crónicas B e/ou C e infeção por VIH/SIDA.

O Programa Gilead GÉNESE foi criado em 2013, com o desígnio de incentivar em Portugal a investigação translacional e clínica, a geração de dados e a implementação de boas práticas de acompanhamento dos doentes. Em paralelo, é promovido o apoio a projetos nas áreas de educação para a saúde, bem como a intervenção comunitária e cívica.

A esta edição candidataram-se cerca de 60 projetos nacionais, submetidos por diferentes entidades científicas, académicas e da sociedade civil. "O rigor, a excelência e a transparência são valores chave neste programa" sublinha a Gilead.

A avaliação das candidaturas submetidas foi assegurada por duas comissões externas de avaliação, que selecionaram 13 projetos, 8 de natureza científica e 5 de iniciativa comunitária, "pelo seu potencial contributo para a otimização da prática clínica, da melhoria da qualidade de vida dos doentes e dos resultados em saúde". O montante global de financiamento atribuído ascendeu a 280.000€.

Vítor Papão, diretor-geral da Gilead Portugal, refere, a propósito deste Programa: "Incentivamos Ciência. Fomentamos Saúde. Isto é o que define o Programa Gilead GÉNESE. Faz parte do nosso DNA estimular e dar oportunidade a que a inovação e a criatividade de outros possa ganhar corpo, possibilitando a geração de conhecimento em prol da Sociedade pela qual possamos fazer mais."



Vencedores do Programa Gilead GÉNESE.

Projetos científicos selecionados:

CEDOC da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade NOVA de Lisboa
Lesão tubular renal em doentes VIH: progressão e interação

Egas Moniz Cooperativa de Ensino Superior, CRL
Resposta em anticorpos neutralizantes induzida em coelhos por uma nova vacina contra o HIV-1

FARM-ID Associação da Faculdade de Farmácia para a Investigação e Desenvolvimento
RecycleDrug: Validação de fármacos antigos para o tratamento e erradicação do HIV-1

Fundação da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa
Previsão da Eficácia Clínica de Fármacos Moduladores da Proteína CFTR Usando Organoídes Intestinais e Células Nasais de Pacientes com Fibrose Quística

INEB - Instituto de Engenharia Biomédica, Universidade do Porto
Filmes vaginais contendo nanopartículas carregadas com fármacos como alternativa à profilaxia de pré exposição oral com tenofovir/emtricitabina

Instituto de Medicina Molecular
Preservação da produção de linfócitos T no timo humano mediada por fatores de restrição do hospedeiro durante a infeção por HIV

Instituto Português de Oncologia de Lisboa Francisco Gentil
Caracterização de variáveis clínicas e biológicas que identificam doentes com linfoma folicular agressivo

Instituto Português de Oncologia do Porto Francisco Gentil
Linfomas Double-Hit – a experiência do IPO-Porto

Projetos de iniciativa comunitária selecionados:

AJPAS - Associação de Intervenção Comunitária, Desenvolvimento Social e de Saúde
Avaliação dos benefícios da intervenção do ICAT (Intervenção Comunitária para a Adesão à Terapêutica)

Associação Existências
Projeto Acolher

Associação Portuguesa de Fibrose Quística
Programa de Fisioterapia e exercício físico no domicílio para pessoas com Fibrose Quística (FQ)

Fundação Portuguesa A Comunidade Contra a SIDA
In.Porto.Me – Rastreio e Promoção da Qualidade de Vida de Seniores VIH+ da região do Porto

Positivo - Grupos de Apoio e Auto-ajuda
ConVihda – Avaliação e Promoção da Qualidade de Vida em PVVS

De acordo com a Gilead, a evidência gerada pelos projetos apoiados "poderá contribuir para a otimização da prática clínica, melhoria da qualidade de vida dos doentes e dos resultados em saúde, ganhos de eficiência e adequação de políticas de saúde".

Dia 2 de maio inicia-se o período de candidaturas para a edição de 2016 do Programa Gilead GÉNESE

Imprimir