My Servier

Projeto da Linde Saúde pretende «melhorar a qualidade de vida e de tratamento dos doentes respiratórios»

Estão abertas as candidaturas ao REAL Fund, um projecto internacional da Linde Saúde, que pretende, desta forma, apoiar a implementação de soluções inseridas na medicina respiratória que beneficiem doentes e cuidadores. 

A Linde Saúde, empresa que se assume como "líder nos Cuidados Respiratórios Domiciliários" e que integra o Grupo Linde, criou em 2010 o REAL Fund, uma iniciativa que pretende financiar e apoiar a implementação de projectos inovadores na área da saúde respiratória. Através do website www.linde-realfund.com os candidatos podem expor ideias que "ajudem a melhorar a qualidade dos cuidados e de vida do doente, que ajudem a equipa médica e profissionais de saúde envolvidos nesta área".

Os projetos submetidos podem estar direcionados para o desenvolvimento de novas aplicações terapêuticas, novos dispositivos ou serviços que permitam melhorar a segurança, a eficácia ou a monitorização do tratamento ou mesmo o conforto do doente.


As candidaturas podem ser enviadas ao longo de todo o ano, sendo que a primeira fase de avaliação encerra a 1 de julho de 2016. Podem concorrer ao REAL Fund investigadores académicos, médicos, enfermeiros, técnicos, designers industriais ou pessoas ativas numa associação de doentes, e que tenham projetos com potencial para desenvolverem melhores soluções respiratórias.



225 mil euros atribuídos a 3 projetos da Alemanha e EUA


Em 2015, foram três os projetos inovadores distinguidos com um total de 225 mil euros, dentro de um vasto leque de candidaturas de instituições em todo o mundo:

• Do Hospital Universitário Aachen, na Alemanha, será desenvolvida uma investigação que pretende mostrar se as exacerbações em doentes de DPOC com ventilação mecânica invasiva podem ser previstas através de um algoritmo baseado num software de análise dos dados lidos através do ventilador;

• O Centro do Coração e da Diabetes de Bad Oeynhausen, na Alemanha, vai estudar se a terapia com alto fluxo de oxigénio pode ser uma nova abordagem terapêutica para tratar doentes que sofrem de respiração de Cheyne-Stokes associada a insuficiência cardíaca crónica;

• O Brigham and Women’s hospital, em Boston, nos EUA, foi distinguido pelo REAL Fund com um projeto que visa o desenvolvimento de uma aplicação para smartphone capaz de alertar doentes com DPOC para qualquer agravamento na função respiratória e fornecer recomendações de acções iniciais, para doentes diagnosticados recentemente, e assim prevenir o agravamento da sua condição.

A Linde Saúde adianta que as candidaturas foram selecionadas com o apoio de um comité médico e cientifico de especialistas e "continuarão a ser apoiadas ao longo do trabalho de investigação".




Tornar ideias em "projetos reais”

Maria João Vitorino, Homecare Business Manager da Linde Saúde em Portugal, explica que “o REAL Fund reforça o compromisso e a preocupação da companhia em melhorar a qualidade de vida e de tratamento dos doentes respiratórios".

A responsável acrescenta: "Acreditamos que com o REAL Fund contribuimos para a melhoria da medicina respiratória, pois, as ideias de hoje podem, no futuro, ter um grande impacto na vida dos doentes e potencialmente salvar vidas. Com este fundo pretendemos tornar estas ideias em projectos reais”.

Imprimir


Próximos eventos

Ver Agenda