Serviço de Radioterapia do CHBM já tem novo acelerador linear

Com um investimento de 2,4 milhões de euros, o novo acelerador linear do Centro Hospitalar Barreiro Montijo (CHBM) vai substituir um dos dois equipamentos existentes no Serviço de Radioterapia, "que já se encontrava desatualizado face à evolução técnica e científica verificada nos últimos anos".

De acordo com o centro hospitalar, está já concluída a instalação do novo equipamento, seguindo-se agora a fase de testes e, posteriormente, o licenciamento do equipamento para o inicio da sua atividade.

São também destacadas as mais valias desta aquisição, concretizada no âmbito de uma candidatura ao Programa Operacional Lisboa 2020:

"Permitirá aumentar a capacidade de resposta interna para tratamentos complexos; aumentar a precisão do tratamento a realizar; reduzir o tempo de tratamento para os tratamentos complexos; e diminuir os efeitos secundários."



O Serviço de Radioterapia do CHBM iniciou a sua atividade em maio de 2005 "e foi o primeiro serviço público a dispor desta terapêutica a sul do rio Tejo". Certificado pela norma ISO 9001 desde 2009, este serviço realizou 25.849 tratamentos durante o ano de 2019.

Imprimir