Sociedade Portuguesa de Diabetologia distingue António Machado Saraiva com o Prémio Carreira 2016

O Prémio Carreira Sanofi, promovido pela Sociedade Portuguesa de Diabetologia (SPD), foi este ano atribuído a António Machado Saraiva, médico endocrinologista, pela sua dedicação à investigação clínica na área da endocrinologia, gestão da diabetes e ensino terapêutico.

O galardão, lançado há nove anos pela SPD para premiar a excelência do controlo clínico da diabetes por parte de individualidades ou instituições, distinguiu assim em 2016 uma vida dedicada à prática clínica, aos doentes e ao estudo da diabetes.



António Machado Saraiva foi chefe de serviço de Endocrinologia do Hospital de Egas Moniz desde 1995, integrou, em 3 mandatos a direção do Colégio da Especialidade de Endocrinologia da Ordem dos Médicos, participou em centenas de trabalhos e tem algumas dezenas de trabalhos publicados, particularmente na área da diabetes e dislipidemias e recebeu em 7 de abril de 2015 a “Medalha de Serviços Distintos Grau “Prata”, atribuída pelo ministro da Saúde, Paulo Macedo.

Fernando Sampaio, country chair da Sanofi Portugal, refere que “na área da diabetes em Portugal, trabalhamos com a dupla missão de melhorar a qualidade de vida da pessoa com diabetes e contribuir para minorar o impacto social e económico desta doença crónica".

Acrescenta o responsável que "o nosso objetivo prioritário é apoiar o doente e os profissionais de saúde em todas as suas necessidades, daí continuarmos a distinguir anualmente os profissionais de saúde que dedicaram a sua carreira ao tratamento da diabetes no nosso país”.

O júri que atribuiu o prémio foi constituído por José Luís Medina (presidente da SPD), José Silva Nunes, Rui Duarte e Jorge Dores (membros da SPD) e Carla Pereira, representante da Direção Médica da Sanofi.

Imprimir