Um desafio cinematográfico para «desconstruir o estigma da doença mental»

Contribuir para a construção de novos olhares sobre a pessoa com doença mental é o objetivo central da iniciativa lançada pela Casa de Saúde Câmara Pestana, no Funchal, uma instituição psiquiátrica das Irmãs Hospitaleiras.

Sob o lema "um filme, uma mensagem para derrubar o estigma da doença mental", o desafio, promovido pela equipa de Reabilitação Psicossocial, é lançado a todos os interessados: "atreve-te a desconstruir o estigma da doença mental e a passar para o écran uma mensagem sem preconceitos".

A ação consiste em "fazer um fime (curta) sobre o estigma da doença mental, como forma de contribuir para a construção de novos olhares sobre a pessoa com doença mental".

O projeto visa sensibilizar a sociedade civil, "sendo uma pequena semente na mudança para um novo paradigma, ao nível da representação da magem da pessoa com doença mental".



Os filmes, até 20 minutos de duração, deverão ser enviados, em formato mp4, até dia 15 de setembro de 2017. O júri, constituído por profissionais "das artes, da cultura e da saúde mental", selecionará três trabalhos, que serão premiados, respetivamente, com 250€, 150€ e 75€.

Contactos: 
Telf.: 291 790 700
Email: srv.social.cscp@irmashospitaleiras.pt 

Imprimir