Jornal Médico 55 - fevereiro 2018

Mário Machado Cruz é o coordenador da mais recente USF do ACES Sintra, o segundo Agrupamento do País com mais gente sem médico de família. É também um dos médicos que, ainda no Internato, começaram a trabalhar na criação desta USF, situada no antigo Centro de Saúde de Rio de Mouro, nas mesmas instalações que a USF AlphaMouro e a Unidade de Recursos Assistenciais Partilhados (URAP) do ACES Sintra.



“Tudo começou em 2015, com 5 médicos internos – incluindo eu –, que acharam que seria tempo de prestar cuidados de melhor qualidade a esta população”, conta o agora especialista em Medicina Geral e Familiar.

E especifica: “Neste espaço tínhamos a UCSP Rio de Mouro e notava-se que existia uma enorme assimetria de cuidados entre a UCSP e a USF AlphaMouro, que se situa no piso de cima e onde alguns de nós, como eu próprio, fizemos formação.”




Um ponto que se destaca nesta USF é a diversidade cultural da população. “É um desafio, mas é muito interessante e enriquecedor esta adaptação a culturas e costumes diferentes”, afirma o coordenador da USF Rio de Mouro. Trata-se também de uma área geográfica onde há mais jovens que idosos, contrariamente à realidade habitual do resto do País. 

“O nosso foco vai estar bastante na Saúde Materna e Infantil e no Planeamento Familiar”, aponta.

Imprimir