Jornal Médico 32 - janeiro 2016

“Na nossa USF, nenhum médico referencia um doente para o hospital sem discutir o caso com os colegas, na reunião semanal. Esta é uma das vertentes mais importantes da governação clínica nos CSP.” Quem o afirma é João Rodrigues, coordenador da USF Serra da Lousã, distrito de Coimbra, e que, atualmente, também preside à Associação Nacional das USF (USF – AN). A unidade é tema de reportagem nesta edição do Jornal Médico.



Para se prestar bons cuidados é preciso que todos os elementos que integram a USF – médicos, enfermeiros, secretários clínicos, assistentes operacionais – se sintam bem. “Realizamos várias atividades ao longo do ano, como caminhadas pela serra, jantares, almoços, atividades desportivas, vídeos, para que as pessoas se conheçam fora daqui e possam carregar baterias, evitando-se as situações de burn-out.”

O Núcleo da Felicidade existe quase desde o início da USF. “Começámos a perceber que era essencial apostar nesta via, tendo em conta a exigência e responsabilidade do nosso trabalho.”


Além do Especial Endocrinologia e do Dossier Oftalmologia, é ainda publicado um Suplemento dedicado ao 10º aniversário do GRESP - Grupo de Estudos de Doenças Respiratórias da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF), que conta com a colaboração de cerca de 20 especialistas.

Em entrevista à Just News, Rui Costa, que assumiu a coordenação do GRESP em abril do ano passado, adianta quais os projetos que estão em curso e afirma que ser coordenador do GRESP representa para si um “enorme desafio” e exige “uma grande responsabilidade, dedicação e disponibilidade para dar seguimento e sustentabilidade ao excelente trabalho que foi desenvolvido ao longo destes 10 anos, em prol da melhoria contínua da prestação de cuidados respiratórios pelos especialistas em MGF à população”.


Imprimir