Exercício físico para idosos: «Treino de força contribui para a diminuição de quedas»

VIVIFAL é um programa de prescrição de exercício físico multicomponente para idosos que está a ser implementado nalguns países, como Espanha. Um dos seus impulsionadores, o investigador e fisiologista do exercício espanhol Mikel Izquierdo, vai estar presente no Exercise Summit 2022 – 4.ª Conferência de Exercício e Saúde, que vai decorrer entre 6 e 8 de maio, no Fórum Lisboa.

Hugo Moniz, responsável pelo Exercice Summit 2022 e CEO da EXS Exercise School, destaca as mais-valias do programa Prescrição de Exercício Físico Multicomponente para Idosos – VIVIFAL. “Estando centrado no treino de força, é eficaz no retardamento da perda de funcionalidade, contribuindo para a diminuição de quedas e dos casos de depressão.”

Integrado no projeto Vivifrail da União Europeia, o VIVIFAL tem como objetivo providenciar formação na prescrição de exercício físico em pessoas mais velhas. “É essencial ajudar os idosos a envelhecerem de forma saudável e ativa; não podemos esquecer que a população vai viver cada vez mais anos e convém que o seja com qualidade”, realça o responsável.

E os benefícios de se ser ativo são inúmeros ao longo da vida: prevenção de doenças cerebrocardiovasculares, metabólicas, osteoarticulares, entre outras. Mas, como enfatizou Hugo Moniz, é preciso haver um plano personalizado, que vá ao encontro das necessidades e gostos dos indivíduos. “O conhecimento científico demonstra, por exemplo, que o treino de força é vital na manutenção da estrutura muscular, mas precisa estar adaptado à condição de cada pessoa.”


Hugo Moniz

Face a esta especificidade, exige-se cada vez mais formação, daí Hugo Moniz aposte neste evento que também é uma oportunidade de reforçar o papel dos fisiologistas do exercício. “Somos peça integrante na definição de estratégias que permitam à população ter uma vida mais saudável, devendo assim colaborar nas equipas multidisciplinares, quer no privado como no público.”

Como acrescenta: “Há um longo caminho a percorrer para que a Fisiologia do Exercício seja uma competência mais reconhecida em Portugal, mas é com iniciativas como o Exercice Summit que se pode partilhar experiências e boas práticas, que poderão ser implementadas mais tarde no nosso país.”

Entre os oradores do evento, destaca-se ainda a presença de Brad Schoenfeld, investigador e especialista em treino de hipertrofia e a melhoria da composição corporal, que é promotor de uma prática saudável e sem drogas.

As inscrições podem ser feitas aqui

 

Imprimir