My Servier

Henrique Cyrne de Carvalho é o novo diretor do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar

Henrique Cyrne de Carvalho foi eleito, esta segunda-feira, como diretor do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS), da Universidade do Porto, para o quadriénio 2018-2022. Em declarações à Just News, o professor catedrático assume-se “muito satisfeito”, admitindo que o resultado revela que a sua proposta para os próximos anos foi bem acolhida.

Recorde-se que a lista de Henrique Cyrne de Carvalho para o Conselho de Representantes havia vencido no mês de julho por maioria absoluta, o que, por si, representava um passo importante para a eleição como novo diretor.

Para o cardiologista, tudo leva a crer que tanto os docentes como os alunos e restantes funcionários do ICBAS acreditam que pode haver uma nova fase: ” Terá necessariamente muito do que é o testemunho do passado e do que foi concretizado nos últimos anos, mas com alguma inovação”.

Henrique Cyrne de Carvalho afirma ter a “nítida noção” da responsabilidade que vai assumir. Contudo, está certo de que será possível levar o projeto em diante, porque "tenho à minha volta uma equipa de pessoas muito competentes e dedicadas”.



“Tenho a certeza de que vamos conseguir concretizar uma modificação que terá como grandes apostas, desde logo, fomentar o património multidisciplinar que o ICBAS tem no seu conjunto, os cursos que fornece. E, ao mesmo tempo, expô-lo mais ao exterior, intervindo mais para fora e recebendo mais contributo de fora para dentro, em várias áreas”, refere. E prossegue:

“Pretendemos ainda associar o ICBAS ao grande projeto mundial ‘Um Mundo, Uma Saúde’, onde está patente a preocupação com a sustentabilidade do planeta, que depende da saúde humana, animal, e do ecossistema.”

Assegura ainda que vai empenhar-se em criar "um bom ambiente de colaboração e disponibilidade para ouvir as pessoas", o que, aliás, o caracteriza como pessoa.

Henrique Cyrne de Carvalho tem uma forte ligação ao ICBAS, onde começou a dar aulas ainda durante o seu internato, sendo hoje professor catedrático. Enquanto aluno, passou pelos vários degraus do percurso académico, tendo pertencido a quase todos os órgãos de Direção da Escola, como o Conselho Diretivo e o Conselho Pedagógico, para além de ter sido presidente da Associação de Estudantes.

Doutorou-se em Medicina pela Universidade do Porto, em 2001, tendo assumido, em 2011, a regência da Unidade Curricular de Medicina 1 do Mestrado Integrado em Medicina do ICBAS, curso que dirige desde 2016.

Após a tomada de posse, que ocorrerá em data e local a divulgar oportunamente, o docente e cardiologista, de 59 anos, irá dedicar-se a 100% ao ICBAS, deixando as suas funções de assistente hospitalar graduado do Centro Hospitalar Universitário do Porto.



Há alguns meses, numa entrevista de fundo à LIVE Cardiovascular, Henrique Cyrne de Carvalho, que assumia, até agora, o cargo de diretor do Laboratório de Hemodinâmica do Centro Hospitalar Universitário do Porto, afirmava:

"Tenho a certeza de que, quando eu sair, estarão reunidas todas as condições para o laboratório continuar a evoluir. Isso não estará, de forma alguma, dependente de mim! Sempre tive o cuidado de individualizar a formação dos meus colaboradores e de lhes conceder condições semelhantes às que tive."


seg.
ter.
qua.
qui.
sex.
sáb.
dom.

Digite o termo que deseja pesquisar no campo abaixo:

Eventos do dia 24/12/2017:

Imprimir


Próximos eventos

Ver Agenda