Sociedade Portuguesa de Ginecologia investe na formação em colposcopia

A Sociedade Portuguesa de Ginecologia (SPG) está empenhada em melhorar as práticas de colposcopia (gold standard no diagnóstico e tratamento das neoplasias intracervicais). Neste sentido, organizou a 4.ª edição do Curso Teórico-Prático em Colposcopia, coordenado por José Alberto Moutinho, presidente da Secção de Colposcopia e Patologia do Trato Genital Inferior (SPCPCV).

O objetivo deste curso, dirigido a especialistas de Ginecologia/Obstetrícia mais jovens, é, segundo o responsável, abordar alguns dos temas mais importantes relacionados com a colposcopia, para que estes possam ser mais competentes na técnica, não descurem o diagnóstico da doença grave, percebam as alterações que não têm importância e, desta forma, sejam evitados tratamentos desnecessários.

Este quarto curso é constituído por uma parte teórica, que decorreu em Monte Real, por ocasião da 181.ª Reunião da SPG. Foram abordados os conceitos básicos relacionados com a colposcopia e também a colposcopia prática, tendo sido discutidas imagens colposcópicas e casos clínicos do colo do útero, da vulva e da vagina.

A ação é composta também por uma parte prática, com uma duração de três meses, que terá lugar em unidades de colposcopia de reconhecida qualidade, onde os médicos em formação estão em permanência para aprenderem a técnica e estarem em contacto com os doentes.

Imprimir